"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem-caráter, nem dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons" Martin Luther King

02/11/2011

Fuxico-pingente para árvore de natal


                Para ver as imagens ampliadas, clique sobre elas com o botão direito do mouse.
               Posso dizer, com certeza absolutíssima, para ficar bem registrado que, ao lado da culinaria, o artesanato é mais uma paixão de familia.
               Há muito tempo meu pai não cozinha, mas, principalmente na minha infancia ele curtia muito preparar refeições  para nós. Minha mãe nem se questiona, é uma cozinheira de mão cheia.
               Nos trabalhos manuais não era diferente. Minha mãe fazia de tudo, muito e meu pai de tudo , um pouco. Mais por falta de tempo do que por gosto. E mais porque eles curtiam fazer tudo em familia, do que mesmo por gostar de artesanato. Pelo menos, meu pai, já que minha mãe não para de aprender coisas novas até hoje.
               Meus tios também eram assim. Lembro que na casa de meu tio Helio e tia Teka havia uma caixa de enfeites que eram guardados de ano para ano, mas mesmo assim, de vez em quando eles criavam algo novo para o natal.
               Meio que sem perceber, comecei a fazer pelo menos um enfeite novo a cada ano e sempre faço em grande quantidade,
               Em alguns anos eu falhei, natais mais tristes, enfim, nada fora do que pode acontecer em qualquer familia.
               E estes fuxicos, que eu aprendi na tv, mas não lembro qual o programa, foram os últimos enfeites que fiz. Já fazem uns 5 anos.
               Costumo fazer 4 cores. Esqueci de fotografar o azul.
               E como a minha árvore tem 1,80m, costumo colocar 3 de cada cor e fazer em 2 tamanhos diferentes. Portanto, geralmente coloco 24 fuxicos na árvore.



              
               Estes vermelhinhos ai em cima eu preparei para fazer porta-guardanapos, os maiores, que eu ainda não terminei. Pretendo fazer uma "pulseira" de pérolas com um fio elástico e prender os fuxicos na "pulseira".
                Os menorezinhos, eu fiz para aproveitar as sobras de tecido, vicios de professora primaria, rsrsrs.
                Na época que fiz o Formação de Professores, nos ensinaram a guardar todas as sobras de papél e outros materiais. Além disso, quem é artesã sabe que é sempre bom ter uma sobra de linha ou tecido para fazer detalhes que, sem dúvida, fazem toda a diferença.
                Ah! Onde eu uso flores tão pequenininha?
                Simples, posso substituir os miosótis da postagem anterior por estes fuxiquinhos.




                 Para fazer o molde, que é um círculo (o meu já está oval porque marquei mais de 700 peças com eles), basta definir o tamanho do fuxico que você quer fazer. Como vamos dobrar cada círculo ao meio, um círculo aberto corresponde à largura total do fuxico finalizado.
                 Eu usei pires de chá (11 cm Ø) para fazer o primeiro molde e usei uma peça menor (8 cm Ø) para fazer o outro molde.
                 O molde do fuxico para o porta-guardanapo tem 6,5 cm Ø.
                 E para fazer as peças minúsculas, usei uma moeda de R$0,05.





                Prepare, de antemão, as alças de fio dourado ou prateado que servirão para pendurar os fuxicos, porque na hora em que estiver costurando o fuxico, as alças serão presas junto.




               Para isso, corte pedaços de 10 a 15 cm e dê um nó na ponta, cortando o excesso de fio.





                  Eu usei cetim bem fino e maleável, para ficar um trabalho delicado.
                  Se quiser, já aproveite para riscar, entre os moldes maiores, com a moeda de R$ 0,05, para fazer os fuxiquinhos e substituir os miosótis no acabamento.
                  Cada 0,50 m de cetim dá para fazer 50 fuxicos pequenos ou 30 grandes.
                  Eu fiz meio a meio, um pouco de cada tamanho.




               Corte todos os círculos de cetim. Para cada fuxico eu usei 5 círculos.

               1- Separe os 5 círculos.
               2- Dobre cada círculo, um por vez, ao meio.
               3- Dobre mais uma vez ao meio.
               4- Alinhave, com linha de costura comum, usando fio duplo, começando pelo lado da abertura de cada pétala.
               Não dê nó na ponta da linha porque este fuxico é amarrado e não costurado. Pelo menos na finalização.




                Alinhave as 5 pétalas, uma ao lado da outra, tendo o cuidado de deixar todas as pétalas viradas para o mesmo lado. Para isso, comece a alinhavar sempre pelo lado da abertura de cada pétala.
               Puxe a linha, com cuidado para não parti-la, e franza todas as pétalas.
               Amarre fazendo uns 3 nós. E, sem cortar a linha, encaixe a alça de fio dourado, dando mais 3 ou 4 nós para prender a alça.




                Por fim, cole a folha e o miosótis de crochê ou o fuxiquinho, usando cola quente (de silicone).
                Como este fuxico vai ficar pendurado na árvore de natal e vai ficar visível dos 2 lados, coloque as flores e folhas dos 2 lados do fuxico.

                 E faça uma bela árvore!

                 Ah! Os fuxiquinhos, eu alinhavo, amarro e, sem cortar a linha, eu prendo a pérola no centro.
                 Só depois da pérola presa, corto o excesso de linha. 


Print Friendly and PDF


Nenhum comentário:

Postar um comentário