"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem-caráter, nem dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons" Martin Luther King

19/12/2010

Reciclagem com rolinhos de papél


            Hoje vim divulgar o trabalho de uma amiga do Orkut.
            Ela ama reciclar e agora criou um lindo painel decorativo usando os rolinhos centrais de papél higienico.
            Se você quiser conhecer mais sobre o trabalho da Paula adicione-a em seu orkut, Ateliê Fulorando Paula Filó.

Print Friendly and PDF


17/11/2010

Lutando contra o mosquito da dengue

          Moro em uma cidade que tem muitos mosquitos, Ubatuba. Então, quando li, no Blog do Profex, esta matéria abaixo e vi que o autor da materia incentiva a divulgação, não pensei duas vezes para colocá-la aqui.
         Trata-se de uma armadilha para acabar com os mosquitos, especialmente os que podem propagar a dengue, que a cada ano se torna mais perigosa, trazendo sintomas novos e fatais.
         De quebra estou postando um video, do programa Mais Você, em que a Ana Maria Braga entrevistou o dr Maulori Cabral, especializado em microbiologia, que ensinou a fazer um outro tipo de armadilha contra o mosquito da dengue. 

Print Friendly and PDF


07/11/2010

Reciclando o oleo usado

         Hoje resolvi compartilhar a receita de sabão caseiro que aprendi com minha amiga Daniela. E achei outras tão interessantes quanto, na internet.
         Ja fiz esta minha receitinha várias vezes, mas confesso que nunca contei o número de potes de sabão que eu consigo. Sim porque, apesar de ser sabão em pedra, eu coloco a massa dentro de potes de margarina usados, que eu guardo para este fim. Mas, com certeza, você pode separar uns 20 potes de 500 g de margarina bem limpinhos.
          Ontem, 21/11/10, fiz a receita inteira e consegui encher 13 potes de 500g e metade de 1 de 250g.

Print Friendly and PDF


28/10/2010

Cadernos

          Para ver as fotos ampliadas, clique sobre elas, com o botão esquerdo do mouse.

          Gosto muito de customizar meus cadernos.
          Gosto de encapar até as pequenas cadernetas, aqueles caderninhos de 10 x 14 cm. Tenho alguns para anotações diversas, inclusive um que uso como agenda. As agendas tradicionais não funcionam muito comigo, não. Muitas folhas ficam em branco. Então, por que não customizá-los?

Print Friendly and PDF


27/10/2010

Caixas pequenas

                                         
                                       Para ver as imagens ampliadas, clique sobre elas, 
                                                      com o botão esquerdo do mouse.


              Há muitos anos atrás, um tio meu fez uma árvore de natal para o quarto de minhas primas, usando caixinhas de fósforo e de remedios embrulhados em papél de presentes como enfeites desta mini-árvore. O efeito ficou tão legal que acabou chamando minha atenção para as caixas pequenas.
              Mais tarde me encantei com os artesãos que eram, e ainda são, capazes de transformar caixas de fósforos em lindos sofás e moveis em miniaturas.
              Como artesã, sei que muitas vezes precisamos de pequenos estojos para guardar miudezas em geral e materiais, os mais diversos, que usamos em nossas produções.



              



                   Para ser sincera, até o meu celular tem uma caixinha propria onde guardo o carregador e, às vezes, o proprio celular. Fiz esta caixinha-estojo usando uma caixa de mate pequena. A caixa de mate grande serve para guardar uma Biblia pequena.





             

              Como também uso papél de presente para fazer decoupage, usei varias caixinhas de sabonete forradas com filtro de café, para guardar recortes de papél de presente. E para guardar todas as caixinhas juntas, preparei um estojo maior, em uma tamanho que coubesse 9 caixinhas de sabonete e mais 2 de medidas diferentes, forrei todas elas, interna e externamente, com filtro de café e fechei com velcro.
              
            Enfim, são muitos os usos que podemos fazer destas pequenas caixas.

              Vamos ao passo-a-passo.




               Como estas caixas são de um papelão bem fino, costumo fazer uma aba nas duas laterais da caixa, esquerda  e direita. Estas abas têm mais ou menos 1,5 cm. Não vou colocar medidas aqui porque naturalmente elas irão variar de acordo com a caixa que você escolher. Mas pelo desenho acima da para se ter uma noção de como ficarão as medidas.




              Feche a embalagem escolhida, ou ja retire as medidas antes de abrir o produto cuja embalagem você vai reciclar, e retire as medidas do topo. Para fazer estas laterais você vai precisar de uma segunda caixinha. 




              Abra as duas caixinhas e recorte o excesso de abas, conforme você vê no desenho ao lado, e apenas em uma das caixinhas. Na segunda caixinha você vai recortar as duas abas necessarias para montar o estojinho perfeito. Detalhe: todas as caixas de papelão têm uma pequena aba lateral, que é usada para se fechar a caixa, ainda na industria. As caixa pequenas naturalmente também têm. Descole esta aba com cuidado, ao abrir a caixinha, porque ela será usada para se colar a nova aba que será feita.




            Repare que as caixas pequenas, não importa que produto elas transportem, sempre precisarão de 3 abas sobressalentes: as laterias esquerda e direita e a frontal. Ao recortar estas 3 laterais na segunda caixinha, lembre-se de desenhar uma abinha que será usada para colar estas laterais na primeira caixinha, formando assim, o novo estojo-bau.           


          

                  Cole estas 3 laterais novas na primeira caixinha, prendendo com prendedores de roupa, e espere a secagem da cola. Depois de seca a cola, cole as duas abinhas laterais, fechando a caixinha e formando assim, a parte inferior da nova caixa.




            Comece a colar os filtros pela junção da tampa com a lateral traseira e cubra toda a tampa. Deixe secar bem ou use secador de cabelo ou soprador para acelerar a secagem. Só depois que os filtros da tampa estiverem bem secos é que você deve colar os filtros no restante da caixa. Se não fizer assim, o movimento de abrir a caixa para colar os filtros internamente vai fazer os filtros da tampa sairem do lugar, prejudicando o bom acabamento.



            


          Depois de todos os filtros colados, passe uma camada generosa de cola branca, interna e externamente, deixando secar bem. Aplique, a seguir, o verniz para concreto aparente ou outro à base de água. Deixe secar.






            Recorte uma tirinha de velcro, de 2 x 1,5 cm, centralize-o na lateral frontal e na aba da tampa, risque em volta do velcro e aplique uma camada de cola de contato dentro dos retângulos desenhados e no verso das dua partes do velcro. Deixe a cola de contato secar e aplique as tiras de velcro em seus lugares.     

          Espere 12 h antes de fechar a caixinha, para que a cola de contato termine a secagem completamente.






           
            Em geral, caixas pequenas podem ser montadas usando embalagem de sabonete, de mate, de maizena, de gelatina e não há problemas para se fazer as dobras das abas que abrem e fecham a caixa. 
          Mas, se por acaso você precisar fazer muitas caixas, para lembrança de casamento ou festas infantis e não tiver muitas caixas de sabonete, por exemplo, use o esquema acima para desenhar em papelão paranº 90.
         As medidas 1 e 6 correspondem ao fundo da caixa e à tampa, respectivamente.
        As medidas 2, 3, 4 e 5 correspondem às paredes laterais da caixa.
        As medidas 8 e 9 são as abas de reforço laterais. São elas que vão dar firmeza às caixas e impedir que o conteúdo "vaze" ou "escape" pelos lados.
        Por fim, a medida 7 é a aba onde você vai colar o velcro que fechará a caixa.

        Se por acaso você quiser aproveitar as sobras de papelão para mais caixas, tome o cuidado de recortar como mostra a segunda imagem desta foto: as medidas 5, 6 e 7 têm que compor uma só peça. E as medidas 4/8 e 2/9, também têm que formar uma única peça. 
        É que neste tipo de montagem, algumas partes serão fixadas com cola, como mostra este passo-a-passo, e esta colagem deixa estas peças fixas. Mas as abas de reforço, a tampa e a aba que leva o velcro têm que ser móveis, senão você não conseguirá abrir a caixa.

 

Print Friendly and PDF


21/10/2010

Caixas porta dvd e porta cd

         Um dia, fazendo compras em um supermercado, me deparei com um funcionario repondo potes de margarina Qualy na prateleira. O formato e o tipo de papelão das caixas chamou a minha atenção. 
         É claro que não perdi a oportunidade de pedir as caixas. Sai de lá com mais de 35 caixas...
         Acabei descobrindo que elas são perfeitas para se guardar dvds. O tamanho é exato para se guardar 25 dvds. Só precisei recortar as laterais esquerda e direita em outra caixa de papelão porque estas laterais são recortadas e eu gosto de fazer as minhas caixas com as 4 laterais da mesma altura.
         Não sei se a empresa continua embalando os potes de margarina no mesmo tipo de caixa, então vou dar as medidas e mostrar como cortar em uma caixa maior de papelão. Usei a caixa em que veio a minha televisão nova.
         A propósito, a caixa porta cd também comporta 25 cds.


    
         Medidas das caixas:

                                Porta dvd:         Porta cd:

         1 e 6 -             20 x 37               15 x 26
         2 e 4 -             16 x 20               15 x 15
         3 e 5 -             16 x 37               15 x 26
         7 (aba)-            5 x 37                 5 x 26






      Abra a caixa que você escolheu. 

     





      Desenhe o molde da caixa que você quer fazer, utilizando as medidas acima.

       



          Recorte as peças na caixa de papelão. Lembre-se que as laterais da frente, dos dois lados e do fundo podem ser coladas, mas as 3 faces que compõem a lateral traseira, a tampa e a aba que fecha a caixa têm que ser cortadas em uma só peça. Ler aqui.


       Monte a caixa, usando fita adesiva larga para fechar os quatro lados. Passe cola branca em cada junta interna da caixa, todas as que receberam fita adesiva por fora. Deixe a cola secar totalmente. Geralmente leva umas 12 h para secar. Retire a fita adesiva.



       Caixa montada é hora de cobrir com os filtros de café.
       Comece pela quina entre a tampa e a lateral traseira e cubra toda a tampa, dobrando os filtros para dentro da caixa.
       Deixe a tampa secar bem antes de continuar a colar os filtros na caixa. Se você não esperar este tempo de secagem, o movimento de abrir e fechar a caixa para colar os filtros nas laterais e na parte interna vai fazer os filtros da tampa sairem do lugar, deixando a caixa mal acabada.
       Se estiver com pressa seque com um secador de cabelo ou soprador.

       Para colar os filtros use cola de farinha de trigo. Esta cola facilita o processo, seca mais rápido do que a cola branca e, se você precisar remover algum filtro para recolocá-lo em outra area, permite refazer o trabalho.



       Cole os filtros, interna e externamente, e aplique, agora sim, uma camada generosa de cola branca. deixe secar totalmente e aplique verniz para concreto aparente ou outro verniz à base de água. Ao aplicar o verniz, a cola vai ficar branca novamente, porque ela reage à umidade do verniz. Mas, quando o verniz seca a cola fica transparente novamente.


           Quando a caixa secar totalmente, corte um pedaço de velcro com 4 x 2 cm. Centralize o velcro, tanto na aba da caixa, quanto na lateral da frente da caixa e risque o contorno da tirinha, com um lápis. Verifique se as duas tiras de velcro estão na mesma direção para que, ao fechar a caixa, as duas se encaixem. 
       Aplique cola de contato (de sapateiro) dentro dos retângulos desenhados à lápis e também no verso das tiras de velcro. Deixe a cola de sapateiro secar totalmente e cole as tiras em seus lugares, pressionando para retirar toda bolha de ar. Espere 12 h antes de fechar a caixa, para que a cola seque totalmente.

Print Friendly and PDF


19/10/2010

Caixas básicas

                             Para ver as imagens ampliadas, clique sobre elas,
                                                    com o botão esquerdo do mouse.


        Nem sempre é possível encontrar caixas do tamanho exato que precisamos. Por isso, eu gosto de montar as minhas proprias caixas.
        Procuro caixas grandes, que eu possa recortar. 
        Costumo fazer caixas de 7 faces ou lados. Só quando uso caixas de papelão muito fino é que costumo fazer duas abas extras, para reforço.
        As medidas variam de acordo com o uso que vou fazer das caixas. Em geral, as medidas formam pares, ou seja, existirão sempre dois lados com a mesma medida, pelo menos.
        No desenho acima, as faces 1 e 6 têm a mesma medida, 2 e 4 também, 3 e 5 idem. 
        A face 7 é a aba onde será colado o velcro que fechará a caixa e é a única que terá uma medida única, geralmente 5 cm. Mas você pode colocar a largura que desejar.
        Se você fizer uma caixa com as laterais 2 e 4 quadradas, por exemplo 15 x 15, as laterais 1,3,5 e 6 ficarão com a mesma medida.

          Faça um pequeno desenho, colocando todas as medidas da tua caixa, para você não se perder na hora de recortar a caixa de papelão. Ha um detalhe que é muito importante: para montar a caixa, nos uniremos todas as "paredes/faces" com cola branca e naturalmente estas areas coladas ficarão sem flexibilidade.Então a parte da tampa, a lateral traseira e a aba devem ser cortadas em uma única peça. Se você notar que a caixa de papelão que você tem em mãos não vai dar para cortar o teu molde inteiro, corte as 4 peças que compõem o fundo, as laterais esquerda e direita e a lateral da frente separadas e a lateral traseira, a tampa e a abas juntas ( ver desenho).



     

        Monte a caixa, juntando todas as peças recortadas e usando fita adesiva bem larga, destas usadas para fechar caixas mesmo.



           Por fim, aplique uma camada de cola em todas as junções das peças unidas com fita adesiva. Pode colocar uma camada de cola generosa porque ela some e fica bem fininha depois de secar, imperceptível mesmo. Passe a cola até mesmo na vertical. A cola vai escorrer um pouco mais vai cumprir a sua função.

        Deixe secar totalmente e retire a fita adesiva. A tua caixa básica ja esta pronta.
     
         Basicamente todas as caixas são feitas da mesma maneira. Sómente as caixas maiores levam reforço em 3 lados, mas isso veremos em outros paps.
                                   Mãos à obra.

Print Friendly and PDF


15/10/2010

Restaurando capas de livros:

Se quiser ver as imagens ampliadas, clique sobre elas com o botão esquerdo do mouse.

      Com o tempo e com o uso, as capas de livros acabam rasgando.
      Usando-se filtros de café reciclado e a propria caixa dos filtros é possível deixar teus livros com uma capa nova.


       Para começar, separe 2 caixas vazias de filtros de café. Meça a largura da lombada e a altura do livro. Corte 2 retângulos no tamanho da capa do livro e um retângulo na medida da lombada.


        



          
       Forre a tira que vai reforçar a lombada com um filtro de café. Dobre as extremidades, superior e inferior,do filtro, colando para dar um bom acabamento.
   


       Cole os 2 retângulos que formarão as novas capas e cole a lombada puxando as sobras do filtro que reveste a lombada sobre as capas. Deixe secar bem, antes de continuar a colar os filtros restantes e cobrir toda a capa. Se não aguardar esta secagem, o movimento de abrir a capa para virar e colar o filtro vai descolar a lombada.





       Coloque um saco plástico protegendo as páginas do livro e cole filtros de café interna e externamente.



       Depois que toda a capa estiver coberta com os filtros, passe cola branca.
      Deixe secar e aplique verniz à base de água.

           

         Se quiser dar uma acabamento mais caprichado, separe 2 folhas de papél sulfite ou vergê, corte na medida da altura do livro e duas vezes a largura da capa do livro. Dobre ao meio e cole metade desta folha na contracapa do livro, deixando a outra metade solta.



Print Friendly and PDF